FeiradeDiamantina5

Os tapetes também se destacam no artesanato da área de abrangência do Idene                    Foto: Idene/Divulgação 

O Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene) -- ao lado da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede) – tem sido um dos principais patrocinadores e estimuladores do artesanato do Norte de Minas e dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Enquanto começa em BH, a 30ª Feira Nacional de Artesanato, no Expominas, que se estende até dia 8 de dezembro, o Idene já lançou o edital para a 25ª Feira Internacional de Artesanato (Fiart), em Natal (RN). Os artesãos, cooperativas e associações interessados acessar o sítio eletrônico: idene.mg.gov.br para obter todas as informações, incluindo prazos e documentos necessários.

O Idene adquiriu um espaço de 142 metros quadrados na 25ª Feira Internacional de Artesanato (Fiart), que ocorre na capital potiguar, de 24 de janeiro a 2 de fevereiro. O instituto mineiro oferece 20 vagas distribuídas da seguinte forma: oito vagas para artesãos individuais e 12 vagas para associação, cooperativa e grupo de produção artesanal. Assim como a Feira Nacional de Artesanato, em BH, a Fiart é considerada um dos mais importantes do gênero no Brasil, que atrai artesãos de todas as regiões brasileiras. Nesses eventos, o artesanato mineiro se destaca pela qualidade, beleza e originalidade das peças levadas para exposição e comercialização.

artesanato em Sampa

O diretor-geral do Idene, Nilson Borges, ratifica que o desenvolvimento das regiões de abrangência do instituto depende de projetos estruturantes como infraestrutura viária e energia, mas também passa pelo fortalecimento das atividades de cada lugar, entre elas o artesanato que tem tradição em muitos municípios do Norte de Minas e dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. “Trabalhamos os projetos estruturantes com o apoio da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), os programas de melhoria da segurança hídrica com cisternas, poços artesianos, tubulações e caixas d’água de diversos tamanhos, e apoio constante à produção, incluindo os artesãos”, ressalta Borges.

 Para ter acesso aos editais da 25ª Feira Internacional de Artesanato (Fiart), clique aqui